Equilibre o seu dia

Conheça melhor os sintomas da menopausa

Compartilhe este conteúdo

É inevitável: todas as mulheres, por volta dos 50 anos, passarão pela menopausa, já que trata-se de algo natural do ciclo reprodutivo do ser humano. Embora possa ser assintomática, a maioria das mulheres experimenta sintomas desagradáveis durante esse período.

A menopausa se refere à última menstruação. É reconhecida depois que a mulher fica 12 meses sem menstruar, e ocorre durante o climatério, condição que engloba toda a fase de transição entre o período reprodutivo e o não reprodutivo.

Para ajudar a amenizar os desconfortos e prevenir doenças, é preciso ter um maior conhecimento sobre as possíveis ocorrências. Por isso, nós separamos abaixo os principais sintomas da menopausa.

Estas informações não substituem uma visita ao médico, mas podem ajudar na hora de buscar ajuda profissional. Confira!

Principais sintomas da menopausa

Das mulheres que entram na menopausa, cerca de 20% passam pelo processo assintomático. Logo, a maioria delas experimenta sintomas desagradáveis causados pela diminuição dos níveis de estrogênio, o que também reduz a liberação de neurotransmissores.

Fogachos

Entre os sintomas mais frequentes, podem ser citados os fogachos, ondas de calor que podem ocorrer várias vezes por dia e têm duração de 1 a 5 minutos. Afetando cerca de 60% a 75% das mulheres, são geralmente acompanhados de sudorese, tontura, palpitações e ansiedade também podendo prejudicar o sono durante a noite.

Atrofia dos órgãos sexuais

Com a diminuição dos hormônios sexuais estrogênio e progesterona, há uma atrofia dos órgãos sexuais. Nestes casos, os músculos dessa região enfraquecem, os grandes lábios afinam e a mucosa vaginal perde elasticidade. Então, dor e sangramento durante as relações sexuais podem surgir, assim como uma diminuição da libido.

Incontinência urinária

A bexiga e a uretra também são afetadas pelo enfraquecimento dos músculos que sustentam a região. Por isso, pode haver incontinência urinária, dor ao urinar e maior propensão a infecções urinárias.

Hipotrofia das mamas

Não é incomum, também, a atrofia das glândulas mamárias. Este é um dos sintomas que afeta a autoestima da mulher na menopausa, além de resultar em mamas menos firmes e mamilos mais achatados, podendo deixar também as mamas mais caídas.

Sintomas psíquicos

A saúde mental da mulher também pode sofrer alterações, visto que sintomas mais reportados são aumento na irritação, ansiedade, nervosismo e dificuldade de memorização. Casos mais graves de tristeza prolongada podem levar à depressão.

Aumento do risco de doenças

A redução da produção do estrogênio leva a alterações no corpo que podem aumentar o risco de algumas doenças. A principal delas é a osteoporose, pois a menopausa resulta no aumento da porosidade dos ossos, tornando-os mais frágeis.

Sem a proteção que o estrogênio confere aos vasos sanguíneos, eleva-se o perigo de doenças cardiovasculares, em particular a doença coronariana.

Convivendo com os sintomas da menopausa

Uma dieta leve e saudável, assim como exercícios físicos diários e controle do peso são recomendados para amenizar os sintomas da menopausa, além de evitar o consumo excessivo de álcool e o tabagismo.

Em casos específicos, o médico pode receitar tratamentos. O mais comum deles é a terapia de reposição hormonal, já que restitui o estrogênio a fim de promover melhor qualidade de vida.

Com os cuidados certos e mantendo as visitas rotineiras ao ginecologista, é possível conviver melhor com os sintomas da menopausa e aprimorar o bem-estar da mulher.

Gostou do texto? Então acompanhe mais dicas de saúde, bem-estar e qualidade de vida no nosso blog Herbarium.