Equilibre o seu dia

Manual de Sobrevivência da TPM

Compartilhe este conteúdo

Quem é mulher sabe que TPM não é frescura. Logo, entender o que causa a TPM, os seus sintomas e como eles afetam o seu corpo é a melhor forma de aprender a contornar a dor e o desconforto.

Quando falamos sobre Tensão Pré-Menstrual, englobamos uma variedade de sintomas que afetam as mulheres de maneira diferente. Afinal, cada organismo reage de uma forma à mudança de hormônios durante o ciclo menstrual.

Para você entender melhor essa síndrome, por que ela acontece e como aliviar seus sintomas, separamos algumas informações relevantes sobre o tema. Confira!

O que é Tensão Pré-Menstrual (TPM)?

A TPM é considerada uma síndrome. Aliás, essa definição é atribuída, na realidade, a uma série de sintomas que ocorrem alguns dias antes de vir a menstruação. Em princípio, para algumas mulheres, ela pode aparecer até 15 dias antes, enquanto para outras, o desconforto aparece só no dia anterior.

Entre os sintomas mais comuns, podem ser citados: irritabilidade, cólica, dores nas mamas, dores de cabeça, inchaço, vontade de chorar, desejo por doces, acne, insônia e ansiedade.

Além disso, outras manifestações podem estar associadas. Por sua vez, a intensidade dos sintomas e a maneira como eles afetam o corpo varia de mulher para mulher. Tudo depende de fatores como genética e sensibilidade do organismo e até de fatores externos, como o estresse.

Qual é a causa?

O conjunto de sintomas da TPM é consequência das alterações hormonais que acontecem durante o ciclo menstrual. Devido à mudanças na concentração dos hormônios, são afetados diversos aspectos do organismo feminino.

Uma dessas alterações ocorre na produção de serotonina, já que este hormônio atua no humor e tende a cair no período pré-menstrual. Além disso, na segunda metade do ciclo menstrual, há alteração também na produção do estrogênio e da progesterona.

Enquanto o estrogênio diminui e provoca vasodilatação, favorecendo as dores de cabeça, o aumento da progesterona acarreta na retenção de líquidos, causando inchaço e outras dores no corpo.

Aliviando os sintomas da TPM

Mesmo não sendo uma doença, a TPM pode prejudicar o bem-estar, a qualidade de vida e até os relacionamentos da mulher. Entretanto, há uma boa notícia: existem várias maneiras de tentar contornar o problema.

O primeiro passo é o autoconhecimento. Para isso, é preciso entender como a Tensão Pré-Menstrual afeta o seu corpo, quais sintomas se manifestam e quais fatores podem piorar a situação.

Uma boa forma de fazer esse autodiagnóstico é anotar o comportamento ao longo do mês. Assim, você pode identificar se esses sintomas aparecem realmente antes do fluxo menstrual.

Muitos deles podem ser amenizados com a prática de exercícios físicos, especialmente os aeróbicos, que ajudarão a aliviar a tensão e liberar endorfina, o hormônio do bem-estar, uma alimentação balanceada com redução no consumo de sal também é recomendada para as mulheres que sentem inchaço.

Da mesma forma, para quem sente ansiedade durante a TPM, pode ser útil reduzir o consumo de café, chá preto e outros alimentos estimulantes nesse período.

Caso os sintomas estejam fortes demais ou atrapalhem o seu bem-estar, vale a pena investigar o caso com um médico. Hoje, existem diversos medicamentos que podem ser prescritos para ajudar a aliviar a TPM, melhorando a qualidade de vida da mulher.

Buscando ajuda e suporte

Se você vivencia alguns dos sintomas mencionados acima, saiba que não está sozinha. Muitas mulheres sofrem com a TPM. Você não só pode como deve buscar alívio para o seu desconforto.

A Herbarium sabe como a Tensão Pré-Menstrual pode afetar a autoestima e a qualidade de vida das mulheres. Por isso, lançamos a Campanha Tudo Pode Mudar – inclusive a TPM, como uma forma de incentivarmos as mulheres a tomarem as rédeas das suas escolhas em benefício da sua saúde física e mental.

Confira no nosso canal do Youtube as histórias inspiradoras de mulheres que já se juntaram à campanha e venha fazer parte você também! Acesse nosso Facebook e Instagram.

Quer mais dicas de saúde e bem-estar? Acompanhe o nosso blog!