Ansiedade: saiba como a Fitoterapia pode ajudar

Compartilhe este conteúdo

Você anda angustiado (a), com coração apertado e com uma sensação de inquietude, de que algo está prestes a acontecer?  Pois bem, você pode estar diante de um quadro de ansiedade, muito comum atualmente.

Vamos entender um pouco sobre os transtornos de ansiedade e como os fitoterápicos podem ser poderosos aliados na prevenção e no tratamento dessa queixa que compromete muito a qualidade de vida.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país com a maior taxa de pessoas com transtornos de ansiedade no mundo, 9,3% dos brasileiros têm algum transtorno de ansiedade.  Os transtornos de ansiedade são subdivididos em transtorno do pânico, fobia social, transtorno de estresse pós-traumático, transtorno obsessivo-compulsivo e transtorno de ansiedade generalizada.

A ansiedade pode ser definida como a sensação subjetiva de expectativa e apreensão, medo ou pressentimentos, que podem ser acompanhados por preocupações persistentes e excessivas, reais ou não. Um ponto importante é que o medo relacionado à ansiedade pode ser irreal, o que é muito comum quando a pessoa diz não saber o porque de estar com medo.

O aumento de pessoas com ansiedade pode ser impactado por fatores como estilo de vida nas grandes cidades, excesso de estímulos, como luzes, barulhos, hiperconectividade na vida profissional, social, aumento do desemprego e violência. Além disso, doenças, traumas, perdas, lutos, dores físicas e o próprio envelhecimento podem ser gatilhos para as crises.

Observar os sinais e sintomas do seu corpo, como palpitações, taquicardias, dispneia, dores musculares, irritabilidade e insônia é fundamental. Também observe se está mais inquieto(a) e impaciente do que o de costume. Todos esses sintomas podem sinalizar quadros de ansiedade.

Agora a notícia boa é que é possível reduzir significativamente os quadros de ansiedade com a ajuda de profissionais de saúde, gerenciamento do estresse, prática de atividade física regular, alimentação equilibrada, anti-inflamatória e rica em antioxidantes e fitoterápicos. Sim! fitoterápicos, plantas com propriedades medicinais que atuam no sistema nervoso. Existem mais de 20 fitoterápicos com potencial de uso no tratamento adjuvante da depressão, para aliviar a ansiedade ou mesmo como agentes indutores do sono.

Alguns atuam de forma semelhante aos benzodiazepínicos, fármacos que potencializam a ação do principal neurotransmissor inibitório do sistema nervoso central (SNC), o ácido gama-aminobutírico (GABA), e apresentam menos efeitos colaterais.

A Passiflora incarnata, popularmente conhecida como Maracujá, é um bom exemplo de fitoterápico estabilizador do sistema nervoso central, que tem propriedade ansiolítica, sedativa e hipnótica suave. Os flavonoides e alcaloides, dois dos seus constituintes químicos, são responsáveis em potencializar as vias neuronais inibitórias no sistema nervoso central, o que envolve a potencialização do efeito inibitório do GABA, através do receptor GABA tipo A, de modo semelhante aos benzodiazepínicos.

A Passiflora incarnata é indicada para o tratamento de ansiedade, insônia, depressão, irritabilidade, palpitações e taquicardias por ansiedade e transtornos de humor no climatério.

Que saber mais? Comenta aqui ou envia uma mensagem para gente.

Tags relacionadas:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

Leia também: